quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Topa ou não topa


São incontáveis os pontos de ferrugem na lataria. Por causa da sujeira e da aparência de velha, a pintura, de cor branca, parece mais um bege-pastel. A impressão é de que o modelo foi fabricado na década de 60.

O parachoque traseiro está parcialmente solto. Um fio de arame segura um lado da peça, na tentativa de que ela fique mais ou menos dentro do eixo.

Ao passar pela rua, vejo a tal Kombi, estacionada na esquina da casa da minha namorada. Se o carro anda, não sei. Mas ouvi dizer que é comum encontrar nas ruas veículos como esse, totalmente destroçados, porém com o motor rodando perfeitamente.

Chego mais perto. Pela traseira, tento ver o que há dentro. Os vidros ensebados dificultam a visão. Caminho então em direção à lateral esquerda. Lá, encontro pendurada uma placa de papelão.

Em letras garranchadas, lê-se: “FAÇO CARRETO, PREÇO A KOMBINAR”.

E aí, alguém se habilita?

Foto meramente ilustrativa. Imagem retirada da internet.

5 comentários:

Flávia Reis disse...

Isso é o que eu chamo de "fonte ambulante de tétano". rs rs rs...

Fernando Ávila disse...

hahahahah E põe tétano nisso !!!!! É cada bagaceira que a gente vê por aí !!!! Espero que o dono dela seja pelo menos vacinado ... rs rs rs

Fi disse...

Para quem aceitar o carreto, fica o alento: "vítimas de acidentes de trânsito tem direito ao seguro obrigatório"!!! rs rs rs...mas como disseram acima...melhor tomar a antitetânica antes!!! Ahhhhhhhh Fê...vc está ficando bom nisso!!!! Textos mais interessantes a cada nova "publicação"...

Fernando Ávila disse...

Que bom que existe esse tal seguro obrigatório, né? ... Afinal, nesse caso, os riscos são grandes ... rs rs rs Obrigado pelas palavras, Fi. Legal que está gostando das minhas pérolas ... quer dizer, pílulas ... Valeu a inspiração !!! hehehehehe

Abrahao Button Sheep disse...

Ae fernando, sei que já faz um tempinho que postou isso, mas tem como saber onde está essa Kombi. Estou precisando urgente de uma p serviço e não encontro. Se puder contato me da um toque. Valeu.